Dizem que mãe é tudo igual, mas, na verdade, cada mãe é uma só. Ôxe se não. Pense: pode ter um monte de coisas bem parecidas nas mães da gente. “Pegou o casaco, filho?”. “Hora do banho!”. “Nada de sobremesa antes da comida!”... Mas o dengo da nossa mãe... aquele chamego, aquele beijo, aquele abraço... ah, aquele abraço que faz parar o tempo e resolve qualquer dor, né? Não tem igual.

Por isso, na hora de escolher o presente de Dia das Mães, é preciso pensar em algo muito especial, exclusivo e personalizado, olhando para as preferências, o jeito de ser e até o paladar dela. Comprar a granel tem um pouco disso. Você pega item a item, como colher flores, escolhendo as mais cheirosas, com a cor que ela mais gosta. Puro afeto. 

Na Dengo também pode ser assim. A gente escolhe uma caixa de pepitas, ou preenche o cone, ou saquinho com elas. Os sabores que ela mais gosta, a quantidade que cabe no bolso e muita alegria, né? Porque chocolate bom é alegria, sabor e sustentabilidade também, por que não? Com as opções a granel, você colabora com a preservação das nossas florestas, minimizando o impacto do excesso de embalagens. Presentão, vai?

English