A gente tende a achar que todo chocolate é bom, não é verdade? Afinal, é chocolate! Porém, infelizmente, nem sempre é assim. Degustar uma delícia desse tipo vai bem além do simples ato de comer: aborda cultura, sustentabilidade, saúde e, é claro, sabor! Mas como encontrar todas essas características em um só lugar? Não se aperreie! Vamos contar tudinho para você.

Antes de qualquer coisa, precisamos saber que a produção de um chocolate bom não é tão simples quanto parece. Além da parte técnica — que fica por conta dos especialistas —, é preciso tomar muito cuidado com cada detalhe do que chega até a casa do cliente.

Quer aprender a reconhecer as propriedades do seu produto favorito? Então, vem com a gente!

Quais são os benefícios de consumir um chocolate bom?
A qualidade está bastante conectada ao sabor, mas não se restringe a ele! Um item bom de verdade traz diversos benefícios a quem o consome. Sua produção é pensada para fazer bem tanto ao psicológico do consumidor quanto ao seu corpo. Não podemos nos esquecer também do meio ambiente.

Produzir de forma sustentável é abraçar a ancestralidade e o futuro de uma só vez. Em outras palavras, trata-se de permitir que todo mundo desfrute de sua iguaria favorita por muito tempo e em comunhão com a natureza. Acredite: esse cuidado faz toda a diferença para o resultado de qualquer produto.

Quer saber quais são as outras vantagens percebidas no consumo de um chocolate de alto padrão? Vem com a gente!

Ingredientes mais saudáveis
Ouvimos, durante anos, alguns comentários ruins em relação ao nosso amado chocolate. Espinhas, digestão, peso.... Oxê! Não gostamos nem de pensar, né? Mas a verdade é que diversos desses problemas estão conectados à baixa qualidade.

Uma produção falha envolve processos inadequados e ingredientes pobres em nutrientes. Nesse sentido, já é possível perceber que o vilão não é o chocolate, certo? Qualquer produto que for negligenciado em seu processo de produção pode fazer mal ao corpo. E esse não costuma ser o caso de um item bom.
Maior teor de cacau
Um chocolate bom leva, em sua composição, o cacau da melhor qualidade disponível e que faz bem ao corpo. Podemos provar isso para você! Sabia que o cacau de alto padrão é recheado de antioxidantes, ajuda a controlar a pressão arterial e pode também atuar no combate à depressão? É disso que estamos falando!

Quanto mais saudável for o chocolate, maior tende a ser seu teor de cacau. Mas não se trata de uma regra, ok? É sempre interessante analisar a composição e conferir a procedência do produto que você vai comprar. Vamos falar sobre isso adiante. Siga com a gente!

Quais pontos devem ser observados antes da compra?
Agora que você sabe mais sobre o nosso amado chocolate, é hora de se aprofundar nos fatores que fazem dele algo de fato bom. Vamos conferir quais pontos devem ser levados em conta na hora da escolha?

Produção
O processo produtivo dessa deliciosa iguaria começa bem antes do trabalho na fábrica, pois inclui a escolha dos ingredientes e do local em que a produção ocorrerá. O cacau de qualidade tende a ser mais fino, então deve ser trabalhado da forma certa. No momento de misturar, nada de substituir a gordura da manteiga de cacau! Quanto maior a pureza, melhor.

Somente após ter certeza de que a boa procedência da matéria-prima foi priorizada — do platio à colheita — e que o resultado final será um chocolate delicioso e saudável ao mesmo tempo é que a fábrica entrará em cena.

Procedência
Não tem jeito: a marca que está por trás da produção de um chocolate bom também faz diferença em seu resultado. Afinal, como já dissemos, essa iguaria representa cultura e deve transparecer os valores de quem a consome.

Uma empresa que preza por seus consumidores, além de fazer tudo o que citamos, supervisiona os processos e garante que saiam de acordo com o planejado. É preciso analisar a fermentação, a torra das sementes, a seleção de ingredientes e muito mais, sempre se certificando de ficar longe dos aromas artificiais, corantes, espessantes e emulsificantes. Assim, é possível garantir o valor (e o sabor) do que você come.

Valorização dos produtores
A mão de obra por trás da produção de um chocolate bom é extremamente valiosa. Afinal, é ela quem faz a mágica acontecer na prática, não é verdade? Por esse motivo, principalmente, os produtores devem ser reconhecidos pelo seu trabalho. Além disso, para manter a qualidade dos produtos é preciso pagar um valor correspondente a eles, tanto no plantio e na colheita quanto na produção cuidadosa da iguaria.

Em resumo, a cadeia produtiva de um chocolate de alto padrão tende a ser acompanhada por profissionais especializados em todos os passos. É por isso que seu nome é conhecido como bean to bar, ou seja, “da semente à barra”. Os diferenciais em relação aos itens de menor qualidade são inúmeros e incluem:
- sabor diferenciado;
- dispensa de compostos que alterem a textura e o aroma;
- pureza;
- seleção cuidadosa de ingredientes;
- menor uso de açúcar, aditivos e flavorizantes;
- sustentabilidade;
- valorização profissional etc.

Mescla
Com todos os itens acima alinhados, é hora de realizar a mescla. Nas proporções certas e com todo o capricho necessário, é ela que dará vida ao item final. É extremamente importante cuidar para que essa etapa seja cumprida de acordo com a expectativa.

Viu como a elaboração de um chocolate bom de verdade é muito mais complexa do que a gente imagina? Ela vai desde o plantio até a embalagem que chega à sua casa. O item deve representar todo o dengo que temos tanto conosco quanto com aqueles que amamos. Por isso, não abra mão de garantir sempre a qualidade que você merece, ok?

Se quiser saber ainda mais sobre o processo produtivo de um chocolate de alta procedência, entre em contato conosco! Estamos à disposição para tirar todas as suas dúvidas e garantir que você saiba tudo sobre nossos produtos!
English