Você sabia que é possível comprar chocolates sem sair de casa, em uma loja ao vivo, com atendimento do vendedor em tempo real? O serviço de streaming, criado pela Dengo, é uma grande inovação do varejo em tempos de pandemia. Com ele, dá até para presentear sem sair do isolamento!
A ideia da loja é proporcionar ao cliente uma experiência de compra mais interessante, semelhante àquela que acontece em uma unidade física. O consumidor pode interagir com o atendente, esclarecendo as dúvidas e fazendo seus pedidos, que serão entregues em sua casa ou no endereço informado.
Oxê! E qual a diferença disso para uma loja virtual convencional? Sem dúvidas, é o atendimento humano e pessoal, totalmente distinto dos robôs com os quais os consumidores normalmente conversam nos ecommerces. Quer entender melhor essa tecnologia? Então, continue a leitura!
Entenda como a pandemia trouxe a necessidade de reinvenção dos negócios
Com a pandemia do novo coronavírus, vários comércios em todo o mundo precisaram fechar as portas. A alternativa, tanto para garantir o fôlego do negócio quanto para preservar o atendimento ao consumidor, foi buscar outras estratégias, como o delivery de produtos, a mudança da oferta e novas ideias, como a venda de vouchers para serem utilizados após a quarentena.
A criatividade e o senso de oportunidade são os principais diferenciais das empresas que conseguiram manter as suas atividades durante a crise. Assim, além das ideias inovadoras, outras ações também se tornaram fundamentais, como o investimento em comunicação.
Um exemplo claro disso vem do setor de alimentação. Com a quarentena, as pessoas deixaram de frequentar os restaurantes, mas ainda fazem pedidos para entrega em suas residências. No entanto, como o cliente vai saber quais os cuidados adotados na manipulação dos alimentos e no transporte? Nesse caso, a comunicação adequada faz toda a diferença para que o consumidor sinta-se seguro.
Além das alternativas para manter a operação, vale destacar que a crise atual acelerou um processo que já vinha ocorrendo, de digitalização dos negócios. Ou seja, quem ainda não tinha loja virtual teve que agilizar a criação da sua. Ao mesmo tempo, o consumidor também migrou as suas compras para os canais digitais em busca de segurança.
Saiba como funciona a loja ao vivo da Dengo
Vamos combinar: lojas online existem aos montes, em qualquer segmento de negócio. No entanto, uma loja ao vivo, com um especialista conversando com o cliente em tempo real e separando o pedido é uma inovação!
A ideia é bastante simples e proporciona uma experiência de compra muito melhor para os consumidores. O cliente consegue conversar com o especialista por meio de um chat e o profissional tira dúvidas, mostra os benefícios do cacau e dos ingredientes usados nos produtos, além de ajudar na elaboração do pedido, como em uma live. Quem está comprando visualiza o atendente, a loja e os produtos em tempo real.
Além disso, é possível interagir com os elementos da loja. Por exemplo, ao clicar em um determinado produto disponível nas prateleiras, o cliente tem acesso a uma lista com todas as características do item e pode colocá-lo diretamente em seu carrinho virtual.
A plataforma da loja ao vivo, criada em parceria com a Vtex, foi estruturada para que vários consumidores possam interagir ao mesmo tempo com o profissional que está na loja física do Shopping Higienópolis, na capital paulista. O horário de atendimento, de segunda a sábado, é do meio-dia às oito da noite. Aos domingos, o atendimento começa às duas da tarde.
English