Da manga rosa, quero o gosto e o sumo, melão maduro, sapoti, juá! Olha, são tantas as opções de frutas brasileiras, todas tão saborosas, belas e repletas de cores, que daria mole para Alceu nos encantar com muitas outras Morenas Tropicanas, né não?

Mas será que você tá por dentro, realmente, de quais são as frutas tipicamente brasileiras, exclusivas de nossas terras e por que valorizá-las assim?

Como verdadeiros apaixonados pelo sabor, cheiro e beleza dos alimentos, vamos te mostrar uma lista perfeita de frutas brasileiras, repleta de curiosidades, nutrientes e, claro, toda a magia que só nossas terras conseguem produzir. Bora lá!
1. Maracujá
Da flor ao fruto, o sinônimo da perfeição completa! Não é à toa que, quando os europeus chegaram por aqui, a apelidaram de Fruta da Paixão, tendo em vista suas formosas flores de toques lilás, brancos e amarelos em um formato que se assemelhou à Paixão de Cristo na visão dos exploradores.

Ainda que esse nome tenha se exportado pelo resto do mundo, por aqui, o que ainda vale é o termo original indígena, que vem de Mara Kuya, que em tupi significa "fruta que serve". E serve mesmo... pra tudo!

Entre as frutas brasileiras, o maracujá não esbanja somente beleza e sabor. O fruto é riquíssimo também em vitaminas A e C, e funciona como um excelente calmante natural. Além de, cá entre nós, combinar superbém em receitas, chocolates e drinques, né?

2. Cupuaçu
É nosso e de mais ninguém! O cupuaçu é mais uma das frutas brasileiras nativas da Amazônia e que suspira qualquer paladar, especialmente quando combinada com outros ingredientes. Do creme do açaí ao recheio de bombons, a fruta dá um toque especial com um azedinho incomparável e insubstituível.

A árvore é parente do cacaueiro e, por isso, a combinação perfeita com o chocolate. O fruto, que é rico em vitaminas A, B e C, pode ser consumido em forma de cremes, sucos, doces e até manteiga. Ainda preserva uma curiosidade bem interessante. Veja.

Há algum tempo, uma empresa japonesa de alimentos registrou o uso exclusivo do nome "cupuaçu", o que foi cancelado após a briga de entidades, ONGs e frentes indígenas brasileiras. É mole uma dessas?
3. Cacau
Ahhh, o chocolate é tupiniquim também! Bom, na verdade, o cacau já existia em toda a América pré-colombiana e os nativos aqui já sabiam apreciar bem o fruto. Com a chegada dos europeus, logo descobriram a magia dos carocinhos brancos do cacaueiro e começaram a exportação e produção do então chocolate que comemos atualmente.

Hoje, mais de 500 anos depois, o cacau continua sendo um verdadeiro patrimônio nosso, com árvores nativas por todos os cantos — com destaque, claro, para a nossa Bahia — e, justiça seja feita, nos permitindo ser um dos principais e mais renomados produtores de chocolates do mundo. Não é pra ter orgulho?

4. Caju
Pode perguntar para qualquer gringo o que é caju, que certamente ele vai associar à noz que complementa o fruto. Afinal, o suco ou receitas com a polpa serão raras ou até impossíveis de se encontrar lá fora.

Azar o deles, né? Na verdade, a fruta realmente é composta de duas partes. A polpa é utilizada para essências, sucos, in natura, vitaminas ou doces, enquanto a noz, o destaque especial que a natureza nos reservou, cai perfeitamente em sorvetes, chocolates ou mesmo ao natural.

Enfim, a gente precisaria de uma vida inteira para destacar todas as frutas brasileiras que nos enchem de orgulho e sabor, não é mesmo? Por isso, esses são apenas alguns exemplos para dar um gostinho sobre o que temos de melhor nessas terras: nossos produtos!

Se você é daqueles que também amam as frutas brasileiras e reconhecem tamanha riqueza que nossa terra produz, compartilhe esse post e marque os amigos que são apaixonados pelos sabores e culturas do nosso país. Até a próxima!
Español